10 Dez - 01 Mar2008
Antonio Manuel ernesto Neto Gustavo Speridião José Damasceno Miguel Rio Branco Paulo Climachauska Paulo Vivacqua Rafael Carneiro Vicente de Mello Waltercio Caldas
Alumínio Digital

O ponto de partida desta exposição foi a reunião de um grupo de artistas contemporâneos brasileiros para produzirem obras a partir de uma experimentação com uma nova técnica: a impressão de trabalhos gráficos a partir de uma matriz originada por arquivo digital.

Trata-se de um grupo heterogêneo de artistas de várias gerações, cada qual com as suas poéticas e seus meios habituais de expressão que, diante das possibilidades inéditas abertas por uma inovação tecnológica, desenvolvem diferentes caminhos.

As obras da exposição foram impressas numa antiga  prensa francesa Marinoni  sob a orientação de  Iuri Frigoletto  que juntamente com a Lithos introduziu esta tecnologia de impressão litográfica com matriz. Outro ponto de interesse da exposição é mostrar esse resultado da fusão de uma tecnologia atual (a matriz digital) com uma máquina do século XIX na produção de obras de artistas contemporâneos.