30 Mar - 29 Abr2006
Paulo Vivacqua
Nympheas

A mostra instigou o público por suas várias instalações, com uma trilha sonora própria e original, elaborada pelo escultor.

As obras emitem vários sons, que estimulam o espectador a se aproximar dos trabalhos. Percebendo esses estímulos sonoros soltos no espaço, cria-se a curiosidade de descobrir sua fonte natural, contida em cada uma das peças, fazendo com que as pessoas, verdadeiramente, se aproximem da obra de arte.

“As esculturas, que se revelam no tempo através dos sons e silêncios, propiciam um envolvimento mágico e misterioso” – afirma Paulo Vivacqua